Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

leituras



Quarta-feira, 12.11.03

Asterix - O Grande Fosso

de Goscinny- Uderzo, 1980.

Bertrand Editora

 

 

Desculpem-me, mas volto à Banda Desenhada. Prometo que depois retomarei a prosa.

Asterix e Obélix são duas personagens que me fizeram companhia durante muitos anos. Aquela aldeia é verdadeiramente uma terra de loucos (ah, santa loucura!!!)!

Por de trás da imaginação prodigiosa, dos autores, num universo aparentemente tão limitado como é o de uma aldeia, perdida algures nos confins do império romano, que resiste hoje e sempre ao invasor, existem sempre outras leituras possíveis das loucas aventuras dos nossos heróis. Esta história que aqui hoje vos sugiro, é apenas uma das muitas possíveis. Uma aldeia que se desentende internamente e que por isso cava um fosso separador é uma dessas possíveis metáforas. Quando esta obra foi editada, em 1980, estávamos em plena guerra fria, com uma bela cidade, bem no coração da Europa, dividida por um ignóbil muro da vergonha. É no mínimo interessante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por M Bento às 22:00



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2003

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30